'>

Falta de semáforos para pedestres cria riscos cruzamento em Parauapebas


O que anteriormente já vinha sendo considerado um avanço em termos de respeito ao pedestres e às regras de trânsito, o motorista dar passagem a quem está utilizando a faixa, com a instalação dos semáforos no cruzamento das ruas Dez com rua F acabou virando problema. Afinal, com o sinal aberto, muitos motoristas, para não perder a oportunidade de avançar, colocam os pedestres em situação de risco. O problema pode ser explicado pela falta de semáforo para pedestres no local.
Quem tem razão neste conflito do trânsito é difícil afirmar, uma vez que todos têm argumentos em seu favor. O Código Brasileiro de Trânsito, em seu artigo 70, prevê que os pedestres que estiverem atravessando a via sobre as faixas delimitadas para esse fim terão prioridade de passagem, exceto nos locais com sinalização semafórica. O texto é claro, mas a visibilidade que os pedestres têm dos semáforos para automóveis naquele cruzamento de ruas do centro da cidade é nula. É uma questão de teoria e prática que precisa ser solucionada com o uso do bom senso.

‘As cinco letras que mudam tudo"


Londres, Paris, Berlim, Nova York ─ é fácil identificar as grandes cidades mais bem-sucedidas do mundo, e aprender com elas duas ou três coisas que vêm sendo feitas por lá há anos, e que comprovadamente deram certo. Não seria o caso, então, de pensar um pouco nisso pelo menos agora, quando começa a campanha para a eleição municipal? Resposta: nem pensar. Qualquer inspiração naquilo que existe de mais inteligente, ou apenas de mais lógico, nas boas cidades do mundo recebe o desprezo imediato dos nossos candidatos, partidos e especialistas em mercado eleitoral. Coisas de primeira classe, dizem todos, podem ser boas para “eles” ─ aqui nada disso funciona, garantem os candidatos que começam a pedir seu voto. A população brasileira, no seu modo de ver o mundo, não está preparada para viver em cidades melhores. Não há verbas. Não há leis. Não há técnicos. Pensar em cidades do mundo desenvolvido é elitismo. Na verdade, o ato de pensar, simplesmente, é algo privativo de países acima de determinado nível de renda. Vem, então, alguém como Enrique Peñalosa, ex-prefeito de Bogotá, uma capital com 8 milhões de habitantes, e aí a coisa complica  ─ pois ele prova, ao falar sobre o seu trabalho, que administradores de cidades com realidades parecidas com as nossas têm, sim, a capacidade de raciocinar. Peñalosa sabe lidar, ao contrário da maioria de nossos candidatos a prefeito e vereador, com uma palavra curta, de apenas cinco letras, e indispensável para melhorar qualquer coisa nesta vida: “ideia”.

A morte dos Orelhões em Parauapebas


É lastimável a situação dos telefones públicos em Parauapebas. Fazer ligações em orelhões, antes muito constantes, agora está tornando raridade. Não apenas no aumento dos telefones móveis, mas pela situação caótica. Alguns aparelhos possuem fones danificados ou arrancados, ficam desligados, alguns fora de operação e em algumas situações, o cartão é recusado. O orelhão não oferece recursos como tocar MP3, tirar fotos, enviar torpedos, etc., mas será muito útil para comunicar acidentes e/ou acionar Policia. Então, cuide-se deles!

As diferenças entre o voto nulo e o voto em branco.

Entenda a diferença entre eles.
  • Voto Nulo: É quando o eleitor manifesta sua vontade de anular seu voto, digitando na urna eletrônica um número que não seja correspondente a nenhum candidato ou partido político oficialmente registrados.
  • Voto em Branco: É quando o eleitor aperta a tecla “Branco” na urna eletrônica. A ação não é computada como voto válido.
Se em uma eleição os votos nulos ou brancos forem a maioria, a eleição não é invalidada. Muitas vezes ocorre uma leitura equivocada do Código Eleitoral e algumas decisões do TSE, que remetem a convocação de novo pleito caso a “nulidade” atinja mais da metade dos votos. O fato é que a “nulidade” à qual se refere o artigo 224 do Código Eleitoral é aquela decorrente de fraude, de ato ilícito ou de acidente durante o processo eleitoral. Os votos nulos e brancos não entram na soma dos votos, servindo, quando muito, para fins de estatística.

Obras de infraestrutura melhoram mobilidade urbana em Parauapebas.

  O intenso fluxo de veículos na Rodovia Municipal Faruk Salmen, no percurso entre a Rua A no bairro Cidade-Nova, e a Delegacia no Jardim Canadá, tende a reduzir consideravelmente com as obras de ampliação e interligação das ruas Belém e 16 a rodovia. As duas vias serão novas opções de rotas para os condutores.

De acordo com Lucas Carvalho, engenheiro do departamento de infraestrutura da Secretaria Municipal de Obras (Semob), todas as obras são de qualidade. “Aqui na ligação da Rua Belém à Faruk Salmen, por exemplo, estamos colocando ao invés de manilhas, as aduelas, pois a vazão da água aqui é muito forte e essa é a melhor opção para drenagem. São 200 metros que vão ficar por baixo da avenida”, destaca o engenheiro.
Quanto à ampliação da Rua 16, quatro imóveis foram desapropriados para a execução da obra. Mais de 20 máquinas atuam no processo de terraplanagem da área que já teve o levantamento topográfico todo realizado.   
Outra via que vai contribuir para diminuir o fluxo de veículos nas avenidas principais é a interligação da Avenida A, no bairro Beiro Rio II com a Rua Perimetral Oeste, localizada no Beiro Rio I. Todas essas obras integram um conjunto de ações do governo municipal que visam melhorar a mobilidade urbana em Parauapebas.

Tratamento capilar será realizado em Parauapebas

unnamedSerá realizado nesta segunda-feira (28) o workshop oferecido pela Mutamba Cosméticos em Parauapebas, na ocasião serão feitas demostrações dos produtos da marca bem como selagem, hidratação, alisamento e química capilar em geral.
De acordo com a distribuidora da linha no município, Jucicleide Santa Rosa, serão ministradas técnicas modernas e fáceis para profissionais do ramo e que será uma oportunidade excelente para a especialização. “Ensinaremos dicas indispensáveis com um produto inovador, o que vai facilitar muito a vida de quem trabalha com salão de beleza,estamos sempre buscando novas técnicas para agregar ainda mais neste trabalho que faz a cabeça da mulherada”, disse a sub distribuidora.
O workshop será ministrado pela distribuidora regional Jaqueline Lemos, o evento será ainda para divulgar um curso que será feito em Belém comandado pelos conceituados e premiados profissionais Rino Farano e Nanci Cardoso.
Ainda de acordo com Jucicleide, a Mutamba Cosméticos atua em todo Brasil e em doze países ao redor do mundo desenvolvendo soluções modernas e práticas para um público cada vez mais exigente. “Estamos revolucionando o mercado quando o assunto é tratamento capilar: redução de volume, fibras de cabelo, processamentos químicos e muito mais”, comentou.
Um grande número de pessoas está sendo aguardado no evento que se estenderá durante do dia inteiro. As inscrições custarão R$ 20,00. O evento será realizado a partir das 9 da manhã no Espaço Festa, Avenida Tocantins, no 90, Bairro Rio Verde, ao lado do salão de beleza Auto Estima.

Vagas de empregos em Canaã dos Carajás

Em Canaã dos Carajás, sim, está havendo grande muvuca de oportunidades desencadeadas pela mineração. Temporários ou não, o número de empregos na “Terra Prometida” está fazendo se repetir para lá a mesma novela de migração a que Parauapebas assistiu num passado não muito distante e que lhe deixou como sequelas vários problemas socioespaciais e infraestruturais.

Com 33 mil habitantes, Canaã é, hoje, o 29º município que mais contrata no país. O saldo positivo, entre contratações e demissões, foi de 3.778 novas oportunidades de janeiro a junho deste ano. É um número superior ao de capitais gigantes, como Fortaleza (CE), que possui quase 2,6 milhões de habitantes, é a quinta maior cidade do país, mas deu novas oportunidades a somente 2.673 pessoas.
No Pará, Canaã só não gera mais empregos que Altamira, que, por conta dos trabalhos temporários na Usina Hidrelétrica de Belo Monte, conseguiu bater todos os recordes antes pertencentes a Parauapebas. No semestre que passou, por exemplo, a “Princesinha do Xingu” teve saldo de 7.150 vagas de trabalho e ficou em sétimo lugar nacional entre os maiores empregadores do Brasil, superada apenas pelas metrópoles São Paulo (SP), Brasília (DF), Curitiba (PR), Goiânia (GO), Porto Alegre (RS) e Rio de Janeiro (RJ). Nenhum lugar do Pará havia conseguido tanto.

No caso de Canaã, não é necessariamente a extração de cobre que gera novas oportunidades. É o minério de ferro, uma commodity onipresente que, via projeto S11D, tem levado a cidade a assumir a posição de zona de prosperidade e trabalho antes condicionada a Parauapebas, que agora amarga números negativos.

Quando o S11D chegar ao pico das obras, o número de empregos deverá triplicar. Hoje, a “Terra Prometida” tem 15.849 trabalhadores com carteira assinada, praticamente metade de sua população. Nenhum lugar da Amazônia, que tem 792 municípios, tem proporção de trabalhadores tão elevada assim, nem mesmo a emergente Altamira. É sabido, entretanto, que quando cessar a etapa de implantação do S11D e do Ramal Ferroviário Sudeste do Pará (RFSP), outra importante obra responsável pelos empregos diretos, Canaã ficará com uma grande aglomeração de trabalhadores “rodados” ou de cara para cima. Aí será a hora de o “muso” do cobre, futuro galã do minério de ferro, reiventar-se econômica, social e moralmente. Que esteja consciente e preparado até lá.
Reportagem especial: André Santos – Colaborador do Portal Pebinha de Açúcar
Foto: Arquivo

Parauapebas terá 12 candidatos a Deputado Estadual e 7 a Federal

Mais uma vez o município de Parauapebas se destaca no que diz respeito às eleições estaduais. Em relação à última eleição, o quantitativo de eleitores do município pulou de 97,9 mil títulos para 109,2 mil nos últimos cinco meses.
Os quase cento e dez mil eleitores de Parauapebas terão à disposição uma lista vasta de candidatos do município que colocaram seus respectivos nomes para concorrerem aos cargos de Deputado Estadual e Federal.
Para que os internautas possam conhecer um pouco mais sobre a história de vida dos candidatos a Deputado Estadual e Federal que moram no município de Parauapebas, a equipe de reportagem do Portal Pebinha de Açúcar irá entrevistar todos em breve e publicará no site.
Candidatos à Deputado Federal domiciliados em Parauapebas:
• Afonso Vidinha – PRTB
• Charles Borges – SDD
• Célia Oliveira – PEN
• Faisal Salmen – PPS
• Marcelo Catalão – DEM
• Milton Zimmer – PT
• Zé Roberto – PSC
Candidatos à Deputado Estadual domiciliados em Parauapebas:
• CB Juracir – PPS
• Adelson – PSC
• Ângela – PTB
• Chico das Cortinas – PHS
• Coutinho – PMDB
• Eliene Soares – PT
• Flávio Veras – PRB
• Gesmar Costa – PSD
• Irmã Luzinete – PV
• Zezinho – PSOL
• Zé Rinaldo – PSDB
• Cláudio Almeida – PR
• Sérgio da Anagráfica – PTB

Valmir nomeia sua filha para cargo na prefeitura

Valmir da Integral ignora Ministério Público e nomeia sua filha, Flávia da Integral, para cargo na prefeitura
A filha do prefeito e o cachorro Pluto. A filha foi nomeada coordenadora
da licitação, o cachorro ficou em Orlando (EUA)!
Nepotismo escrachado

O Ministério Público até que recomendou, mas ficou nisso, ou seja, letra morta, pois nunca tomou qualquer providência e o que já era público e notório no "esculhambado" governo VALMIR DA INTEGRAL agora ficou escancarado com a nomeação da filha do prefeito para ocupar cargo comissionado na prefeitura do "papai".

Veja a nomeação:


O nome da filha do prefeito é Flávia Cristina Queiroz Mariano o do prefeito é Valmir Queiroz Mariano.

A filha do nomeante irá ocupar o cargo de Coordenadora de Licitação e Contratos, CCA-2.

Bagunça

Parauapebas já perdeu as contas de quantas mudanças o bagunçado governo Valmir da Integral já fez nessa importante área técnica, pelo jeito, fará mais uma ou será que o MPPA não cobrará o cumprimento da recomendação contra o nepotismo.


Veja a recomendação do MPPA

Veja aqui
Veja a súmula do STF sobre NEPOTISMO


A Súmula Vinculante 13 é de 07 de novembro de 2008, esse proceder do Ministério Público do Pará de ficar fazendo recomendação sobre nepotismo é um excesso, parece que não se quer fazer o que de fato deveria ser feito, que é ingressar com a ação de improbidade.

Como é que se recomenda algo que é dever do agente público cumprir, na verdade esse tipo de recomendação termina por estimular liberalidades, tanto o é que o prefeito da rica Parauapebas não está nem aí para o que o MPPA recomenda ou deixa de recomendar, esse é o fato!

Fonte: Sol do Carajás
soldocarajas.blogspot.com.br/2014/07/parauapebas-valmir-nomeia-sua-filha.html

Vale apoia definição de estratégias para melhorias no transporte público de Canaã dos Carajás.

A Vale está apoiando a Prefeitura de Canaã dos Carajás a entender como a comunidade se desloca entre as áreas urbana e rural do município. A empresa contratou a Synergia Consultoria Socioambiental para elaborar o “Estudo e Definição de Diretrizes para a Implantação de Transporte Coletivo” com o objetivo de ajudar o poder público a definir a melhor alternativa de transporte para a população local.
Com o crescimento demográfico de Canaã dos Carajás,  as famílias migrantes têm se concentrado em novos bairros, por vezes distantes do centro comercial, de serviços e bancário da cidade. Neste cenário, a busca por alternativas de transporte que atendam às demandas atuais e à dinâmica demográfica da região torna-se fundamental para o desenvolvimento do município.
A iniciativa faz parte do Programa de Apoio à Gestão Pública Municipal do Projeto Ferro Carajás S11D, da Vale. O estudo, que deve ficar pronto ainda no segundo semestre de 2014, contemplará os elementos legais e institucionais necessários para subsidiar o Município na implantação de melhorias na mobilidade urbana local, considerando diferentes cenários de crescimento populacional e territorial.