'>

Prefeitura realiza Processo Seletivo para contratação temporária de pessoal

 A Prefeitura de Parauapebas, por meio da Secretaria Municipal de Administração (Semad), realiza Processo Seletivo Simplificado (PSS) para contratação temporária de pessoal que atuará nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA). De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), serão necessários 285 novos servidores para suprir a demanda de atendimento.
Os profissionais interessados em participar do processo seletivo devem entregar o currículo na Coordenadoria de Treinamento de Recursos Humanos (CTRH) que funciona no prédio da Prefeitura, entre os dias 23 e 25 de setembro, conforme o seguinte cronograma:

Nota de Esclarecimento Prefeitura de Parauapebas.

Em relação à Decisão Interlocutória proferida nos autos da ação de reintegração de posse processo nº 00081387820148140040, proposta na 2ª Varal Civil de Parauapebas, referente à faixa de servidão de segurança da linha de energia elétrica, não estão inclusos na decisão judicialos moradores beneficiados no Programa Habitacional Lote Urbanizado das seguintes quadras e lotes:
QUADRA
LOTES
47
01 a 04
48
01 a 13
49
01 a 12
66
01 a 06
67
01 a 08
68
01 a 08
69
01 a 05
70
01 a 10
71
01 a 08
72
01 a 10
73
01 a 12
95
01 e 02
96
01 e 02
 

Portanto, a decisão de reintegração de posse não se aplica aos moradores dessas áreas acima citadas.

Humor...

Sinesp Parauapebas.


O aplicativo Sinesp Cidadão é um módulo do Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública, Prisionais e sobre Drogas, o Sinesp (Lei 12.681/2012), o qual permite acesso direto pelo cidadão aos serviços da Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça.
Sinesp Cidadão é composto por dois módulos:
01 - Consulta Veículos: permite ao cidadão consultar a situação de roubo ou furto de qualquer veículo do Brasil. As informações são consultadas diretamente no banco de dados do Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN), conforme parceria entre este órgão e o Ministério da Justiça.

Veja como é fácil verificar se o empregador está depositando suas contribuições.


Os segurados da Previdência Social que têm parte da contribuição ao INSS feita por um empregador (empresas privadas e patroas – no caso de empregadas domésticas) podem conferir se essas contribuições estão sendo feitas corretamente. Basta consultar o Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS) no portal da Previdência Social, clicando aqui. É necessário informar o NIT/PIS/PASEP e a senha – que, por segurança, somente pode ser retirada numa Agência da Previdência Social. O segurado também pode solicitar o extrato previdenciário na própria Agência de Previdência Soical.
O atendimento para obtenção dessa senha deve ser agendado pelo site da Previdência Social, pelo Sistema de Agendamento ou pela Central de Atendimento 135.

Os segurados correntistas do Banco do Brasil podem fazer a verificação nos caixas eletrônicos, pedindo um Extrato de Vínculos e Contribuições (opção 20 – outros extratos), e no portal bb.com.br. Já os clientes da Caixa Econômica Federal podem acessar o extrato por meio do internet banking e fazer a conferência.
Já o recolhimento do Fundo de Garantia por tempo de Serviço (FGTS) deve ser verificado na Caixa Econômica Federal. (Renata Brumano)

Onde fui roubado em Parauapebas.

Acompanhe o que acontece em cada canto de Parauapebas.

Onde fui Roubado. 

 

Ministério lança carteira de trabalho digital .

Nova CTPS digitalizada apresenta um novo sistema de emissão, com a validação nacional de dados feita de forma on-line
 
Válida em todo o território nacional, documento contém informações da carteira profissional antiga, vem com uma tarja magnética e numeração única  
A nova versão da Carteira de Trabalho Digital, projeto que terá a cidade de Fortaleza será pioneira no estado do Ceará, será lançada pelo ministro do Trabalho e Emprego (MTE), Manoel Dias, nesta quarta-feira (17), às 11h30 na sede da Superintendência Regional do Trabalho do estado. Na oportunidade o ministro vai fazer a entrega do primeiro documento a um trabalhador cearense.
A nova CTPS digitalizada apresenta um novo sistema de emissão, com a validação nacional de dados feita de forma on-line, com entrega do documento no mesmo dia da solicitação pelo trabalhador.  
Além disso, oferece mais segurança ao trabalhador que no momento da emissão terá seus dados cruzados com outros bancos governamentais, proporcionando a entrega de um documento com todas as informações do cidadão atualizadas, que irão compor posteriormente um banco de dados único, facilitando o pagamento de benefícios trabalhistas e previdenciários
Nova Carteira

MEC lança Portal da Educação Integral.

O Ministério da Educação (MEC) lançou, nesta quinta-feira (18), o Portal da Educação Integral. A página, que já está no ar, reúne informações e notícias sobre o tema, permite o acesso rápido ao programa de assistência financeira às escolas públicas da educação básica (PDDE interativo) - por meio do qual as escolas recebem os recursos para as atividades - e oferece espaço para conferências pela internet.
O site foi idealizado de maneira a fornecer informações claras e objetivas sobre o tema. Ao visualizar a página inicial é possível acessar de maneira rápida e intuitiva as últimas notícias, conferir eventos além de obter mais detalhes sobre programas, documentos e links na barra superior localizada no cabeçalho do portal.
Confira abaixo com mais detalhes as áreas temáticas oferecidas pelo site:
  • Programa ensino médio inovador
A seção temática oferece ao usuário informações relevantes sobre os objetivos, ações e como aderir à iniciativa. Ao longo do texto, links redirecionam o usuário para páginas sobre o tema. Com um clique é possível conhecer mais sobre o portal do pacto nacional de fortalecimento do ensino médio, acessar as diretrizes curriculares e o PDDE Interativo.
  • Programa de acesso à jornada integral
Ofertado às escolas públicas de ensino fundamental, o programa consiste no desenvolvimento de atividades de educação integral ampliada para no mínimo sete horas.  Na página, o usuário encontra todas as diretrizes pedagógicas do programa, além de acesso aos documentos que detalham e orientam os interessados em aderir à iniciativa. Tabelas e dados precisos são disponibilizados a fim de especificar as atividades desenvolvidas em diversas escolas espalhadas pelo País.
  • Educação infantil
A educação infantil é a primeira etapa da educação básica. Para tanto, atende crianças de zero a três anos na creche e de quatro e cinco anos na pré-escola. Além de elencar algumas diretrizes e finalidades da educação infantil a seção cumpre com sua função ao oferecer ao usuários dados e bases para compreensão geral sobre o tema.
  • Documentos
Nesta seção, o usuário terá acesso aos marcos normativos e legais da educação integral e educação em jornada ampliada. Por meio dos links é possível ampliar conhecimentos sobre leis, portarias, decretos, resoluções e manuais.
  • Links
Espaço servirá de divulgação de sites e experiências educativas relevantes relacionadas à educação integral.
Site foi idealizado de maneira a fornecer informações claras e objetivas sobre a jornada integral
Saiba mais
O ensino em tempo integral é uma das apostas para melhorar a educação básica no Brasil. No período em que estão na escola, os estudantes, além das aulas, recebem acompanhamento pedagógico e participam de outras atividades, como prática de esportes, atividades culturais e de comunicação.
A jornada da educação integral deve ser, no mínimo, de sete horas diárias ou 35 horas semanais. Com recursos do programa de acesso à jornada integral, o MEC financia a implementação dessa modalidade em escolas com baixo desempenho, de regiões vulneráveis.
"Estamos analisando cada escola, para ver o que podemos ajudar para que possam melhorar a performance", disse o ministro da Educação, Henrique Paim
A oferta de educação integral está também no Plano Nacional de Educação (PNE), que estabelece metas para o setor nos próximos dez anos. Segundo o plano, a educação integral, que atualmente chega a aproximadamente 35% das escolas públicas, deve atingir 50% pelo menos. Além do programa federal, alguns estados e municípios oferecem os próprios programas.
Como parte do PNE, a implementação do ensino integral deverá constar nos planos estaduais e municipais de Educação, que devem ser concluídos até o final de junho do ano que vem.
Para saber mais sobre o Plano acesse o site ‘Planejando a próxima década’.
Fonte: Portal Brasil com informações da Agência Brasil e MEC