'>

Semed lança campanha de combate à dengue



Em Parauapebas, dengue é caso de educação. A doença viralencontra em águas paradas de quintais o ambiente perfeito para a proliferação dos mosquitos Aëdes aegypti e Aëdesalbopictus, principais agentes causadores do vírus que, segundo a Secretaria de Saúde do Estado, já vitimou mais de trezentas pessoas no município.
  
A Secretaria Municipal de Educação de Parauapebas (Semed) está agindo para tentar acabar com o problema. O projeto Dengue - A Melhor Arma é a Prevençãoestará em todas as escolas da rede pública do município. É por meio dele que a Semed vai buscar combater a doença que encontra na falta de cuidado - na maioria das vezes - de suas próprias vítimas, que acabam deixando água parada nos seus quintais, onde os mosquitos fazem a desova.

 A Escola Terezinha de Jesus, no bairro Cidade Jardim, é pioneira e levou o projeto Dengue - A Melhor Arma é a Prevenção às ruas nos dias 25, sábado, e 27, segunda-feira. Dezenas de alunos e professores visitaram casas em busca de conscientizar os moradores sobre a importância de não dar chance aos vírus destruindo os focos da dengue nos quintais, as águas paradas em pneus e vasilhames velhos.

Pedestres e condutores também formaram o público alvo da campanha. Nas ruas alunos e professores entregaram panfletos com informações de como evitar a dengue e, também, de comoproceder, caso já esteja doente.

A aluna Lindinalva Conceição, de 11 anos, conta que em sua casa já houve registro de caso dengue. "O meu irmão já foi vítima de dengue por causa do descuido de todos", conta. "Ele hoje está bem, mas nós devemos combater essa doença com prevenção, não devemos deixar água parada em nossos quintais, em garrafas e pneus", diz.

A coordenadora pedagógica, Aurea Cristiane Lacerda, conta como o projeto Dengue - A Melhor Arma é a Prevenção foi recebido pela escola e como ele virou matéria interdisciplinar. "Nossos professores receberam a ideia como muito otimismo e todas as disciplinas tiveram papel fundamental para desenvolvê-la. Por exemplo, com História nossos alunos conheceram a história da dengue; com a Geografia estudaram os climas mais propícios ao desenvolvimento dos mosquitos; com a Ciência aprenderam como combatê-la".

"A nossos alunos coube o papel mais importante, o de levar as informações para as suas casas. Além do que, foram eles mesmos quem confeccionaram os cartazes, panfletos e maquete", explica Aurea.

A ideia do projeto nasceu da Semed, nos seus encontros de Formação Continuada dos professores de Ciências. O Secretário de Educação, Raimundo Oliveira Neto, pretende torná-lo parte do calendário pedagógico de todas as escolas do município.

"A campanha de combate à dengue é, também, uma campanha de exercício da cidadania em que nossos alunos são peças chaves, visto que passam a ser protagonistas de um movimento de conscientização que visa a buscar a melhoria de vida de toda a sociedade", diz Neto.

A professora de Ciências, Ademia Rose Pinheiro, frisou que o projeto é "importante para toda a sociedade e que não deve ser algo factual, deve continuar".

Prefeitura entrega título definitivo para construção de escola adventista



Mais uma conquista para a educação de Parauapebas. Na última terça-feira, 28, foi entregue pela Prefeitura de Parauapebas o título definitivo para construção do Instituto Educacional Adventista, uma área de 6500 m², no bairro Novo Brasil. Reconhecida nacional e mundialmente, o Instituto oferece uma educação de qualidade, com grande estrutura e preparada para prestar assistência social.

A Rede Adventista de Educação está presente em mais de 150 países com aproximadamente 1,5 milhão de alunos. Só no Brasil são mais de 300 unidades escolares que oferecem da Educação Básica à Pós-Graduação.

Segundo o prefeito Darci Lermen, houve toda uma preocupação desde a busca de uma área nobre para a instalação da escola, os procedimentos legais, até se chegar à entrega do título. "Com melhorias na área da educação contribuímos para formar cidadãos que podem ajudar no crescimento da cidade. Tudo se transforma a partir de uma educação de qualidade", enfatizou o prefeito.

"Essa é uma grande conquista para nós, que tivemos nosso projeto aprovado pela Câmara Municipal de Parauapebas e agora recebemos da Prefeitura em forma de doação essa área e pela qualidade do terreno teremos uma escola com bom nível de estrutura e ensino", disse Clorisvaldo Silva Carvalho, ancião da igreja adventista. Segundo o membro da igreja, o projeto inicial atenderá de 200 a 300 alunos, mas o objetivo final são 1500 alunos.  

O Instituto Educacional Adventista em Parauapebas oferecerá desde a educação primária até o nível médio, mas há a pretensão de ofertar cursos de ensino superior. "Temos três bases sólidas de ensino: físico, mental e espiritual. Os alunos que estudam conosco saem com uma visão do mundo em todos os aspectos", enfatizou o ancião.

No dia 7 de abril haverá o lançamento da pedra fundamental na área onde a escola será construída. "Iremos fazer uma grande festa em comemoração com a participação de todos os líderes da igreja, tanto da Associação Sul do Pará de Marabá, como da União Norte que fica em Belém", disse Clorisvaldo.

Também estiveram presentes na entrega o vice-prefeito, Afonso Andrade, o assessor de Comunicação, Junior Romão e representantes da igreja Adventista.

Leite in natura é proibido a Venda.



lei federal 6437/77 proíbe a venda de leite in natura diretamente ao consumidor.
“Essa lei tem o objetivo de evitar que as pessoas possam ser contaminadas por doenças que estejam presentes no leite, pois grande parte da população desconhece que o consumo contínuo do leite conhecido como puro, pode acarretar uma série de doenças infecto contagiosas, pois este leite não recebe nenhum tipo de controle sanitário, tratamento térmico (pasteurização) ou monitoramento das condições mínimas de higiene exigidas para a captação, transporte e venda”, destacou Fernando”.
O Coordenador de VS destacou que as principais doenças que podem ser causadas pelo consumo de leite in natura são: Tuberculose bovina: a doença geralmente não passa para o homem, mas se o animal for contaminado pela bactéria causadora da tuberculose humana poderá transportar a doença para quem consome o leite, e pelo ar, para quem fica próximo ao animal. Estudos relacionam essa bactéria ao aparecimento de uma doença chamada ‘Doença de Crohn’, a qual pode atacar qualquer parte do trato digestivo. Os sintomas são dor abdominal, febre, obstrução intestinal e dores articulares.
Brucelose: pode causar febres recorrentes e um quadro geral de fraqueza física.
Listeriose: pode manifestar como uma diarréia ou causar problemas ais sérios em crianças, idosos, imunodeprimidos e mulheres grávidas.
Bactérias encontradas: aparecem ou por falta de higiene ou por doença na glândula mamária das vacas. As conseqüências mais comuns nas pessoas são problemas gastrintestinais, enjôos e dores de cabeça.

Vigilância Sanitária fiscalizam matadouros e açougues em Parauapebas

Numa operação que envolve o Ministério Público do Pará, a ADEPARÁ, Vigilância Sanitária de Parauapebas e a Polícia Militar, forma fechados dois matadouros clandestinos na madrugada de hoje (14) em Parauapebas. Durante a manhã, os fiscais vistoriaram e fecharam açougues que operavam no município em desacordo com o que reza a Lei.
Os donos dos matadouros e açougues clandestinos foram autuados e a carne pronta para a comercialização apreendida pela fiscalização. Em alguns locais, até carne com bicho foi encontrada. Segundo os fiscais, o ambiente era totalmente incompatível com o trabalho.

A operação promete se estender até o final de semana por toda Parauapebas. A vigilância sanitária promete fechar todos os açougues que estiverem em desacordo com o que diz a Lei. Uma ótima atitude, visto que quando compramos e pagamos caro, pela carne que consumimos, esperamos que o produto tenha, no mínimo, uma boa procedência.
Fonte: www.zedudu.com.br

CELPA publica pedido de recuperação judicial (concordata)


Há mais de 4 anos em dificuldades financeiras a Celpa jogou a toalha e na tarde desta terça-feira, 28, divulgou fato relevante revelando que entrou com pedido de recuperação judicial, o equivalente jurídico à concordata.
> A agravamento da crise da companhia
"A despeito dos esforços da administração junto a credores e potenciais investidores, o pedido de recuperação judicial mostrou-se inevitável diante do agravamento da situação de crise econômico-financeira da Celpa e do imperativo de proteger a continuidade dos serviços públicos por ela prestados", diz um trecho da nota da empresa.
> A empresa de pior desempenho do Grupo Rede Energia
A Celpa é o patinho feio do Grupo Rede. Enquanto outras empresas de energia do grupo são superavitárias, a Celpa amarga uma dívida de curto prazo de R$ 1,4 bilhão e o mesmo valor a longo prazo.
Com o pedido de recuperação judicial, os credores de curto prazo deverão tomar o mesmo caminho se não tiverem tutano para aguentar o tranco. Os credores de longo prazo tendem a perder o prazo de vista.
> Solução seria a venda dos ativos
O Grupo Rede Energia convocou uma Assembleia Geral Extraordinária para 19 de março para discutir possíveis cenários no decurso da recuperação judicial e como sair dela. Uma das alternativas pode ser a venda da empresa. Creio, entretanto, que dificilmente alguém com juízo empresarial queira investir em uma distribuidora cujo passivo aponta para uma liquidação.
> Eletrobrás é a tábua de salvação
A melhor solução, dado o alcance difuso das atividades da distribuidora, seria a Eletrobrás assumir o prejuízo antes que o choque mate quem o distribui, pois os curto-circuitos já são arcados pelo distinto usuário.

Prazo para recadastro do Bolsa Família é adiado

O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) prorrogou até 29 de março o prazo para a atualização cadastral do Programa Bolsa Família, que terminaria na próxima quarta-feira (29). A prorrogação foi necessária devido à adoção de novo sistema de senhas, que deixou o Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal indisponível por duas semanas em fevereiro, prejudicando o trabalho de atualização nos municípios.
No início deste ano, 729 mil beneficiários tiveram o pagamento do Bolsa Família bloqueado por falta de atualização cadastral. O coordenador-geral de Revisão de Benefícios do MDS, Roberto Pojo, explica que as famílias que já atualizaram as informações poderão sacar o pagamento em março. O pagamento do mês sai juntamente com os de janeiro e fevereiro, que estavam bloqueados. “Quem ainda não havia feito a revisão ganhou mais 30 dias para fazê-lo, o que significa que não haverá cancelamento de benefício por falta de revisão cadastral até o fim do novo prazo”. 
Quando o recurso é bloqueado, ele fica na conta e não pode ser sacado. Quando há cancelamento, o beneficiário é excluído do programa. A atualização cadastral periódica é um dos mecanismos de controle do programa de transferência de renda do governo Federal, que atende 13,3 milhões de famílias. Mudança de endereço ou de renda, localização da escola dos filhos para acompanhamento da frequência escolar e composição familiar são informações fundamentais para a boa gestão do Bolsa Família.
No início de cada ano, o MDS identifica todas as famílias com cadastros sem atualização nos últimos dois anos e publica essa relação em seus sistemas de gestão. As famílias identificadas na listagem recebem avisos no extrato de pagamento. Caso não façam a atualização e tenham os benefícios bloqueados, nova mensagem é encaminhada, orientando a família a procurar a gestão municipal.

O MDS alerta para a importância da veracidade dos dados, que servem para traçar um retrato da realidade dos beneficiários e contribuir para o aprimoramento do programa federal de transferência de renda. Cerca de R$ 1,5 bilhão são transferidos por mês para essa população.

Tratamento diferenciado – Famílias inscritas no Cadastro Único que moram em Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo, em municípios que decretaram estado de emergência ou calamidade pública por causa das enchentes no início do ano, têm tratamento diferenciado. Devido às chuvas, quem recebe o Bolsa Família e deveria ter feito a atualização cadastral não teve o pagamento do recurso bloqueado. Porém, todos devem procurar os gestores municipais do programa até 29 de março para atualizar os dados e evitar bloqueio e cancelamento do benefício. (MDS)

Coordenadoria Municipal de Juventude realiza pré-conferência no distrito da APA


68 jovens foram mobilizados pela Coordenadoria Municipal de Juventude (CMJ) a participar da Pré-Conferência Municipal de Juventude, na sexta-feira, 24, às 16h, no distrito da Área de Preservação Ambiental (APA). Durante o evento, foram eleitos 11 delegados para participar da Conferência Municipal de Juventude.  
O coordenador Girlam Pereira iniciou os trabalhos apresentando a situação da juventude ao longo da história, falando sobre as leis que emergem da constituição nacional. Girlam destacou que somente a partir de 2008, a juventude passou a ser reconhecida como setor da sociedade, com a criação dos programas nacionais para a juventude e do Conselho Nacional de Juventude. 
Em Parauapebas, os processos referentes à juventude tiveram início em 2009, com a criação da Coordenadoria Municipal de Juventude e a aprovação da lei municipal de numero 4.470 de 02 de dezembro de 2011, que institui a política pública de juventude, conferências, conselho e o fundo municipal de protagonismo juvenil.

Semas inicia campanha Não! A todo tipo de Violência contra Crianças e Adolescentes


Durante os dias de folia no carnaval em Parauapebas, a Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) iniciou a campanha "Não! A todo tipo de Violência Contra Crianças e Adolescentes".  
A Equipe do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), um dos programas da Semas, realizou a distribuição de panfletos e adesivos, informando à comunidade sobre a temática da campanha.  
Banners foram colocados em locais estratégicos e adesivos colados em carros, com a intenção de mobilizar as pessoas a abraçarem a idéia a campanha. 
A campanha é contra a exploração sexual, abuso sexual, a negligência, aos maus-tratos, ao bullying e ao trabalho infantil, situações que precisam ser combatidas em Parauapebas. 
As ações continuarão durante o ano todo, focando o dia 18 de maio, Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes, e 12 de junho, Dia Mundial Contra o Trabalho Infantil. 
Palestras em escolas e nas comunidades serão realizadas até o final do ano, com a finalidade de destacar os trabalhos que estão sendo realizados. 
Toda campanha está sendo realizada pela Prefeitura, por meio da Semas, em parceria com o Conselho Municipal de Assistência Social de Parauapebas (Comasp), Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Parauapebas (Comdcap), Conselho Tutelar de Parauapebas e Disque Denúncia. 
Cuidar das crianças e adolescentes é um dever de todos. Se você souber de alguma criança ou adolescente que esteja sofrendo algum tipo de violência, denuncie para o Conselho Tutelar pelo fone 3356-2150, ao Disque Denúncia, pelo fone 3346-2250 ou e pelo Disque 100.

II Olimpíada da Mulher realiza inscrições até dia 29



Estão abertas as inscrições para a II Olimpíada da Mulher, programação que integra as comemorações da semana da mulher, tradição em Parauapebas. As modalidades são: handebol, vôlei, futsal, tênis de mesa, karatê e xadrez. Os times podem se inscrever até o dia 29 de fevereiro, quarta-feira, de 08h às 14h, na Secretaria Municipal da Mulher (Semmu), 2º piso do prédio da Prefeitura, localizado no Bairro Beira Rio II, S/N ou pelo fone 3356-0773.

BR-155, uma vergonha nacional.


A BR 155 antiga PA 150, hoje sob a responsabilidade do DNIT – Departamento Nacional de Infra-estrutura Terrestre, localizado em Marabá, está uma verdadeira vergonha, sem condições de trânsito , com inúmeros veículos quebrados estacionados sobre a pista, por falta de acostamento e sinalização. A situação da rodovia federal é tão precária, que crianças, entre 12 e 14 anos, se dispuseram a tentar fazer uma operação tapa buracos, com enxadas e carrinho de mão, tentando ganhar algum dinheiro, para se sustentarem.
Em contato com estas crianças, descobriu-se que eles chegam a ganhar aproximadamente R$ 30,00 diariamente, trabalhando das 08 horas da manhã até as 17 horas. Em local distante 5 km de Rio Maria, na saída para Redenção.
Quando entrevistávamos algumas dessas crianças, assistimos um quase atropelamento, situação que viemos saber depois ser comum, tendo-se noticias de vários acidentes já ocorridos.
Entrevistados, vários motorista externaram sua revolta, com o governo federal, pela condição precária da rodovia.
A foto mostra um menor quando desenvolvia o serviço que com certeza é de alçada do governo federal
Por Isnaldo Alves, de Rio Maria
Fonte:http://www.zedudu.com.br

Café da manhã para a imprensa


A Prefeitura de Parauapebas convida a imprensa para um café da manhã nesta quarta-feira, 29, no CEUP, às 09h. Durante o evento a Coordenadoria Municipal de Juventude (CMJ) fará uma breve apresentação das ações realizadas em 2011 e também do planejamento para 2012, além disso será explicado o funcionamento das pré-conferências que já estão sendo realizadas como prévia da Conferência Municipal da Juventude. 


       PROGRAMAÇÃO:
  • 09h00 - Abertura do evento
  • 09h15 - Apresentação cultural
  • 09h25 - Exposição das ações de 2011 e planejamento 2012
  • 09h50 - Café da manhã

Beneficiários do Programa Minha Casa Minha Vida visitam o empreendimento Residencial dos Minérios para fazer vistoria


Inicia nesta quarta-feira, 29, o período de visitas dos beneficiários do Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV) ao empreendimento Residencial dos Minérios. Do dia 29/02 ao dia 05/03 os futuros moradores irão fazer a visita de vistoria para verificar o imóvel e o funcionamento da infra-estrutura.  
A empresa HF Engenharia, construtora responsável pelas obras do Residencial, disponibilizará quatro funcionários para conduzir e acompanhar a vistoria, além do engenheiro responsável pelas obras, Bruno  Vinicius. "Cada morador visitará sua própria residência e no final assinará o termo de vistoria atestando que o imóvel está de acordo com o proposto pelo Programa", diz Bruno. 
A Secretaria Municipal de Habitação (Sehab) disponibilizará 02 (dois) ônibus para levar os contemplados ao local da visita, com saída da Casa de Cadastramento da Sehab, localizada na rua 03A, nº 07, Bairro União. Os moradores foram divididos em grupos por quadra e terão turmas pela manhã com saída às 08h e turmas à tarde com saída às 14h. Deverá comparecer somente o contemplado ou 01 (um) representante da família, portando seus documentos pessoais e os do beneficiário que autorizou a visita. 
O dia 05/03 ficará disponível para os moradores que por algum motivo justificável não puder fazer a visita na data marcada. 
Após a visita, a Caixa Econômica Federal iniciará o processo de elaboração dos contratos para sua devida assinatura e, posteriormente, marcará a data de entrega oficial do empreendimento. 
Os beneficiários podem verificar a data de sua visita na Casa de Cadastramento da Habitação ou pelos telefones (94) 3346-8534 / 3356-0934.


Mais de 300 pessoas já foram afetadas por cheias nos rios

Dois municípios do sudoeste paraense receberam, nesta sexta-feira (24), um alerta da Defesa Civil. Nos últimos dias, o nível dos rios Tocantins, que cerca a cidade de Marabá, e o Xingu, no entorno de Altamira, estão 11 metros acima do nível normal. Se chegar aos 12 metros será declarado estado de emergência nas duas regiões.

Para garantir o suporte à população dos municípios, desde o início do mês, equipes das regionais da Defesa Civil e demais órgãos de defesa social monitoram o nível dos rios e a previsão meteorológica, a fim de prestar pronto atendimento à população. 
Segundo o coordenador adjunto da Defesa Civil do Estado, coronel José Augusto Almeida, até esta sexta-feira (24), cerca de 340 famílias que foram afetadas por enchentes nos dois municípios já estão sendo assistidas.
Para garantir suporte aos impactados por enchentes, alagamentos e enxurradas, desde o início do ano a Defesa Civil põe em prática um plano de ação elaborado especificamente para este período, em que as pancadas de chuva acontecem com maior frequência, ocasionando as cheias dos rios paraenses. O plano contempla ações de prevenção, preparação, resposta e reconstrução voltadas para atender a população desses municípios. 
Estão previstos pelo menos R$ 9 milhões para a construção de abrigos, armazenamento de kits humanitários, de alimentos e de medicamentos, além da compra de equipamentos que devem ser usados nos municípios do interior prejudicados pelos desastres. O orçamento foi feito com base nos anos anteriores, quando, em média, 34 mil famílias, em 30 cidades, foram afetadas pelas chuvas e pelo aumento do nível dos rios.
Com informações da Agência Pará
Foto: Evandro Correa (O Liberal) / Alessandra Serrão (Agência Pará)

Preso homem que dizia estar com o diabo no corpo

Já está preso na 20ª Seccional Urbana da Polícia Civil, em Parauapebas,Francildo Parda Campos, maranhense de Pedreiras, 26 anos, acusado de assassinar a facadas, em 23 de fevereiro deste ano, a esposa Midianera Silva e Silva, 27. O fato ocorreu no interior da residência em que vivia o casal, localizada na Rua Estocolmo, quadra 04, lote 10, naquela cidade. O caso repercutiu em Parauapebas, pois a vitima foi morta diante dos três filhos. Ao tomar conhecimento do crime, a equipe da Polícia Civil inciou investigações para prender o suspeito.
Francildo Campos resolveu se entregar na 20ª Seccional da Polícia Civil para responder ao crime, depois que os policiais intensificaram as buscas e o cerco ao acusado se fechou. Ele foi autuado em flagrante no último dia 25 por homicidio qualificado. O procedimento foi lavrado pelo diretor da Seccional, delegado Antonio Gomes Miranda Neto. As operações policiais de repressão aos homicídios na cidade são meta prioritária da equipe da 20ª Seccional Urbana de Parauapebas. No final do ano passado, operações realizadas em Parauapebas resultaram nas prisões de dois homens acusados de homicídio e estelionato no município.
As ações policiais foram realizadas por policiais civis da 20ª Seccional Urbana da Polícia Civil. Um dos presos é Genesis da Silva Santos acusado de assassinar, em 2006, na cidade de Jacundá, também no sudeste, Wellington Oliveira da Costa. O acusado estava com mandado de prisão preventiva expedido pela juíza criminal da Comarca de Jacundá, Maria Aldecy de Souza. Ele foi encontrado enquanto exercia a profissão de vigilante em uma obra localizada na rua 14, bairro Cidade Nova. O acusado foi transferido para Jacundá. A outra pessoa presa é Alexsandra Zuila Nunes Costa. Além da prática de crime de estelionato, ela também responde por falsificação de documentos públicos e uso de documentos falsos em Parauapebas e na cidade de Cuiabá, capital de Mato Grosso.



Fonte http://pebinhadeacucar.com.br

Quatro desastres com aeronaves no fatídico mês de fevereiro, deixam 7 vítimas

O acidente que vitimou o deputado Alessandro Novelino, o seu assessor José Augusto dos Santos e o piloto do Sêneca, Roberto Figueiredo, é o quarto deste ano no Pará. Todos ocorreram no fevereiro que se fina, ceifando sete vidas.
O primeiro ocorreu em 08.02, quando um King Air, provavelmente em pane seco, mergulhou na Baía do Guajará. As quatro pessoas a bordo sobreviveram.
Em 16.02, um bimotor Baron caiu após decolar de Cametá, matando as quatro pessoas a bordo. Por triste coincidência, os pilotos desta aeronave estavam sendo velados, hoje pela manhã, no aeroclube do Pará, quando se noticiou o desastre com o Sêneca de Novelino.
Em 22.02, um helicóptero do Grupamento Aéreo do Pará destroçou-se em um pouso forçado na margem da BR-316. Não houve vítimas fatais no acidente que inutilizou completamente a aeronave.
O Instituto Renato Chaves já liberou os corpos do sinistro de hoje. Os corpos do deputado Alessandro Novelino e do assessor legislativo José Augusto dos Santos serão velados na Alepa até a manhã deste domingo (26), às 10h, quando seguirão a sepultamento.
O piloto da aeronave, Roberto Figueiredo, será velado no Aeroclube do Pará.



Homem é preso por agredir e ameaçar de morte ex-companheira em Tucuruí


Está preso em Tucuruí, sudeste do Pará, Valdeci R.V., acusado de violência doméstica contra a ex-companheira Daiane X. dos S. A vítima denunciou o acusado de tê-la agredido e ameaçado. A informação foi divulgada pela Polícia Civil nesta sexta-feira (24).
De acordo com a vítima, os dois conviveram maritalmente por três anos, mas atualmente estão separados há sete meses. Ele, porém, não aceitava a separação. Diante disso, o acusado continuava a fazer perseguições com agressões e ameaças de morte, fatos estes registrados em boletim de ocorrência policial. Após ser agredida, ela foi até a Seccional Urbana de Tucuruí, juntamente com dois amigos, que testemunharam as agressões e ameaças.
Os policiais civis ouviram os relatos da vítima. 'Ela contou que não aguentava mais a situação e temia por sua vida. A vítima apresentava vários machucados pelo corpo', contatou a delegada Fernanda Pereira. Após prestar declarações, a delegada determinou que o chefe de operações da Seccional Urbana de Tucuruí  acompanhasse a vítima até a casa do acusado para tentar prendê-lo.
Valdeci foi encontrado e conduzido até Seccional de Tucuruí, para ser autuado pelos crimes previstos no artigo 129, parágrafo 9º, e artigo 147, caput, do Código Penal Brasileiro e ainda na Lei 11.340/2006 (Maria da Penha).
A delegada Fernanda Pereira analisou o risco de morte que a vítima era submetida pelo agressor. A prisão foi comunicada à juíza de Direito substituta de Tucuruí, Luanna Karissa Araújo Lopes, que, além de manter o flagrante, converteu a prisão para preventiva. O acusado foi encaminhado para casa penal daquele município.

Com informações da Polícia Civil

Esfera metálica cai do céu e assusta moradores de Anapurus- MA


Um objeto esférico de cor metálica causou pânico entre os moradores de Anapurus, estado do Maranhão, à 28 km de Chapadinha, quando fez um enorme estrondo ao cair do céu em cima de uma árvore.
A queda do objeto, que até agora não foi identificado, ocorreu por volta das 06h00min de ontem, 22 de fevereiro. De acordo com informações dadas pelas testemunhas, após um estrondo parecido com um raio, ou trovão, o misterioso objeto, de tamanho aproximado de um botijão de gás de cozinha atingiu o solo.Como resultado de sua queda, o objeto quebrou algumas arvores. E um fato interessante é que mesmo após ter destruído algumas árvores, o objeto parece não ter sofrido nenhum dano aparente.Casos similares a este têm acontecido em todo o mundo.





Avião bimotor Cai com deputado Novelino à bordo



O avião bimotor que levava o deputado paraense Alessando Novelino foi encontrado em uma ilha nas proximidades do Acará, no final da manhã deste sábado (25). O Seripa (Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) registrou o sumiço da aeronave dos radares da aeronautica na manhã de hoje. Um helicóptero com familiares do parlamentar já se deslocou para o local. 
Segundo informações do Seripa, no bimotor modelo Seneca estavam três pessoas, o piloto, Roberto Figueiredo, e mais dois passageiros, entre eles o deputado Alessandro Novelino e seu assessor. A informação foi confirmada pelo pai do parlamentar Bira Novelino.  
De acordo com o Seripa, o avião teria saído por volta das 8h30 do aeroporto Brigadeiro Protásio de Oliveira (aeroclube), em Belém, com destino a uma fazenda no município de Tomé-Açu, no nordeste do Estado.
Redação Portal ORM

Partidos de olho no novo cofre



Novo fundo de pensão do servidor público vai movimentar R$ 20 bilhões em cinco anos e os políticos já travam nos bastidores uma disputa para administrar esse patrimônio bilionário

O projeto que cria o Fundo de Previdência Complementar do Servidor Público (Funpresp), prestes a ser votado na Câmara, é tratado com prioridade absoluta pelo governo. Sua aprovação é considerada pelo Palácio do Planalto a tábua de salvação para o combalido caixa da Previdência Social, que acumula déficit de R$ 60,8 bilhões com as aposentadorias do setor público. No Congresso, porém, onde a matéria só não foi apreciada antes do Carnaval por causa de um curto-circuito com o presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), o interesse é outro. Entre os políticos da base aliada ao governo, já está sendo travada nos bastidores a disputa política pela administração desse patrimônio. A julgar pelas contas do secretário de Previdência Complementar, Jaime Mariz, trata-se de um cofre bilionário. Numa contabilidade preliminar, Mariz prevê que os três fundos – Executivo, Legislativo e Judiciário – serão maiores do que a gigantesca Previ, a caixa previdenciária dos funcionários do Banco do Brasil, que tem um ativo de R$ 153,8 bilhões. Somente o fundo dos servidores do Executivo, com a menor média salarial, acumulará em apenas cinco anos cerca de R$ 5 bilhões. Por isso, o políticos arregalam os olhos quando se fala em aprovação do fundo de pensão. Resta saber, quem vai administrar esse novo filão.

Pelo menos um político honesto.

O deputado federal José Antonio Reguffe (PDT-DF), que foi proporcionalmente o mais bem votado do país com 266.465 votos, com 18,95% dos votos válidos do DF, estreou na Câmara dos Deputados fazendo barulho. De uma tacada só, protocolou vários ofícios na Diretoria-Geral da Casa.
Abriu mão dos salários extras que os parlamentares recebem (14° e 15° salários), reduziu sua verba de gabinete e o número de assessores a que teria direito, de 25 para apenas 9. E tudo em caráter irrevogável, nem se ele quiser poderá voltar atrás. Além disso, reduziu em mais de 80% a cota interna do gabinete, o chamado “cotão”. Dos R$ 23.030 a que teria direito por mês, reduziu para R$ 4.600. 
Segundo os ofícios, abriu mão também de toda verba indenizatória, de toda cota de passagens aéreas e do auxílio-moradia, tudo também em caráter irrevogável. Sozinho, vai economizar aos cofres públicos mais de R$ 2,3 milhões (isso mesmo R$ 2.300.000,000) nos quatro anos de mandato. Se os outros 512 deputados seguissem o seu exemplo, a economia aos cofres públicos seria superior a R$ 1,2 BIlhão.Imaginem quantas escolas, creches,hospitais poderiam ser construídos com essa quantia !A tese que defendo e que pratico é a de que um mandato parlamentar pode ser de qualidade custando bem menos para o contribuinte do que custa hoje. Esses gastos excessivos são um desrespeito ao contribuinte. Estou fazendo a minha parte e honrando o compromisso que assumi com meus eleitores”, afirmou Reguffe em discurso no plenário.
Quantos Tiriricas, Popós, Romarios, e os outros muitos "parasitas" poderiam seguir este exemplo??

O amor é uma droga.



Quem já se apaixonou sabe como são boas (e viciantes) as sensações que sentimos. Parece que estamos flutuando, e sentimos um friozinho na barriga todas as vezes que vemos ou falamos com a pessoa amada. Cientistas descobriram que esses tipos de sensações que sentimos quando estamos em um romance ocorrem porque nosso cérebro é estimulado de uma maneira muito semelhante às drogas.
Pesquisadores analisaram imagens de ressonância magnética do cérebro de dez mulheres e sete homens que afirmaram estar profundamente apaixonados, com relações que variavam de um mês a dois anos. Eram mostradas fotos da pessoa amada e de uma parecida aos participantes.
Os cérebros dos participantes intensamente apaixonados reagiam às fotos de seus companheiros, produzindo respostas emocionais nas mesmas partes do cérebro normalmente envolvidas com a sensação de motivação e recompensa. Esse é o mesmo sistema no cérebro que é ativado quando uma pessoa é viciada em drogas. Em outras palavras, o amor é realmente uma droga – viciante, não é?
Cientificamente…
Especialistas dizem que o amor romântico é uma das emoções mais poderosas que uma pessoa pode ter. Você pode se sentir feliz quando está apaixonado, mas também pode ficar muito ansioso. A outra pessoa pode se tornar um objetivo de vida.
Pesquisadores afirmam que a parte que controla recompensa no cérebro, também chamada de centro do prazer, é uma parte essencial do cérebro necessária para sobrevivermos. É ela que nos ajuda a reconhecer que algo é bom. Portanto, não há dúvidas que ela está envolvida na nossa batalha diária por amor.

Hackers de telefone celular podem rastrear a localização do usuário sem o seu conhecimento



De acordo com pesquisa realizada por cientistas da computação da Faculdade de Ciências e Engenharia da Universidade de Minnesota, as redes de celulares podem vazar a localização dos usuários de telefones celulares, permitindo que terceiros possam controlar facilmente a localização do usuário de telefone celular sem que este tenha conhecimento.
O estudante Denis Foo Kune, em conjunto com os professores Nick Hopper e Kim Yongdae e o estudante de graduação John Koelndorfer, foi o responsável pelo estudo.
“Torres de telefonia celular tem que acompanhar os assinantes de telefones celulares para oferecer um serviço eficiente”, explica Foo Kune. “Por exemplo, uma chamada de voz exige que a rede localize esse dispositivo para que possa alocar os recursos adequados para acessar a chamada. Sua rede de telefonia celular tem que pelo menos controlar vagamente o seu telefone dentro de grandes regiões, a fim de encontrá-lo facilmente”.
O resultado é que a torre vai transmitir uma página para o telefone, esperando para responder quando você recebe uma chamada. Esta comunicação não é diferente de um rádio CB. Além disso, é possível que um hacker interfira nessas mensagens, antes que a vítima seja capaz de ouvir o telefone tocar.
Prestadores de serviços de telefonia celular precisam acessar informações de localização para conseguir realizar seu trabalho. Além disso, as autoridades policiais têm a capacidade de intimar informações de localização de prestadores de serviços. O grupo da Universidade de Minnesota demonstrou que o acesso a informações sobre a locaização de um usuário de telefone celular é de fácil acesso para outro grupo – possíveis hackers.
“É uma barreira de entrada frágil”, diz Foo Kune.
Usando um telefone barato e software de fonte aberta, os pesquisadores foram capazes de rastrear a localização de usuários de telefones celulares sem o seu conhecimento com o Sistema Global para Comunicações Móveis (GSM), a rede predominante em todo o mundo.
Em um teste de campo, o grupo de pesquisa foi capaz de rastrear a localização de um objeto dentro de uma área de 10 blocos com o sujeito atravessando uma área de Minneapolis em ritmo de passeio. Os pesquisadores utilizaram equipamentos disponíveis e sem a ajuda direta do prestador de serviço.
As implicações desta pesquisa destacam possíveis questões de segurança pessoais. “Um exemplo pode ser ladrões testando se o telefone celular de um usuário está ausente de uma área específica e, portanto, deduzir o nível de risco associado ao entrar na residência da vítima”.
Foo Kune e seu grupo entraram em contato fabricantes de celulares oferecendo técnicas de baixo custo que poderiam ser implementadas sem mudar o hardware para evitar esses riscos.
fonte: [ScienceDailyFoto]

Qatar é o país mais rico do mundo.



Qatar é o país mais rico do mundo segundo a revista Forbes. De acordo com a publicação, a renda média anual per capita desse pequeno estado árabe no Golfo Pérsico é de US$ 88.222.
O Qatar, que ocupa o terceiro lugar no mundo em termos de reservas provadas de gás natural, tem subido significativamente desde 2010, principalmente devido aos altos preços dos hidrocarbonetos no mercado global.
 Fonte: © Flickr.com/Handmade Image/cc-by-nc

Região Norte tem maior número de mortes por raios no Brasil, diz estudo inédito



No país com a maior incidência de raios do mundo, a probabilidade de ser vítima desse fenômeno é ainda maior na região norte do Brasil. Em 2011, 25% das mortes desse tipo aconteceram nos Estados da região, segundo um estudo inédito do Grupo de Eletricidade Atmosférica (Elat) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).
   
Das 81 pessoas que morreram ao serem atingidas por raios em 2011, 20 estavam no Norte. A região é seguida pelo Centro-Oeste, com 22% das mortes; do Nordeste e Sudeste, com 20% cada; e pelo Sul, com 13% do total.
    
De acordo com Osmar Pinto Junior, coordenador do Elat, o motivo que mais influencia o número de vítimas fatais é a falta de acesso a informações sobre como se proteger de raios.
    
"Se você vai para as regiões onde o acesso à internet ou à imprensa é mais restrito, o número de mortos por raios aumenta", explica. O levantamento mostra ainda que 80% dos casos de morte por raio podem ser evitados se a pessoa souber como agir em uma tempestade.
    
Para demonstrar a importância da divulgação de como se proteger, basta pegar outro dado crucial da pesquisa, que analisou o fenômenos nos últimos 12 anos.
    
“No Sudeste, o número de mortos desde 2000 vem diminuindo, apesar de a incidência de raios ter se mantido. Isso mostra o impacto positivo dessa conscientização, que se dá principalmente por meio da internet e da imprensa", afirma Osmar.
    
Brasil é o país com maior incidência de raios no mundo (raios por ano).
   
Brasil - 57, 8 milhões.
República Democrática do Congo – 43,2 milhões
Estados Unidos – 35 milhões.
Austrália – 31,2 milhões.
China – 28 milhões de raios.
    
Segundo o coordenador, a tendência de se ter menos mortes entre habitantes mais informados, e vice-versa, é semelhante em países como os Estados Unidos. Os dados americanos foram analisados inclusive para que a criação pelo Elat de uma cartilha do que fazer – e o que não fazer – em caso de tempestades com raios.
    
"Analisamos as principais situações em que há fatalidades por raios no Brasil e elaboramos as recomendações de acordo com a realidade brasileira. Já que as regras de proteção em vigor nos Estados Unidos, por exemplo, não se aplicam ao Brasil", explica Osmar.
    
Ele cita como exemplo o fato de nas cartilhas americanas haver a recomendação de não se jogar golfe durante tempestades. No Brasil, essa é uma recomendação menos urgente, visto que o esporte é bem menos popular por aqui.
    
No Brasil, a circunstância que mais mata por raios é praticar atividades agropecuárias ao ar livre, como cuidar de animais em descampados e trabalhar em plantações com enxadas, pás, facões e instrumentos semelhantes.
    
Incidência de raios
    
Ranking de incidência de raios que atingem, por ano, o solo no Brasil
    
Amazonas - 11 milhões
Pará – 7,38 milhões
Mato Grosso – 6,81 milhões
Rio Grande do Sul – 5,18 milhões
Mato Grosso do Sul – 4,24 milhões
    
A segunda causa que mais provoca mortes é ficar próximo a veículos como carros ou andar de moto ou bicicleta. Em seguida, estão casos de mortes em áreas abertas, especialmente em praias, campos de futebol ou próximo a árvores e cercas.
    
Ficar perto de objetos que conduzem eletricidade, como telefone com fio ou celular conectado ao carregador, também está entre as principais causas desse tipo de morte.
    
Esse tipo de circunstância é bem mais comum na região centro-oeste, que concentra 20% dos casos, em comparação com 1% no Sudeste. “Esse dado sugere que as redes de telefonia nesta região não são tão protegidas como em outras”, diz Oscar.
    
Fuja dos raios
    
O melhor abrigo, segundo o coordenador do Elat, para evitar os raios é permanecer em um carro, com portas e janelas fechadas, sem encostar na lataria até o fim da tempestade. No Brasil, não há registro de mortes dentro de veículos fechados.
    
Risco
    
Probabilidade de morrer ao ser atingido por raio (por milhão de habitantes, por ano):
    
Brasil: 0,8- em média
Estados Unidos e Europa: 0,2 - em média
    
Mas e quando se está em uma área descampada, longe um carro?
"Uma das alternativas é se refugiar em prédios ou outras construções propriamente ditas", afirma Oscar. No entanto, ele reconhece que essa pode não ser uma opção viável e que o recomendável é ter um sistema de alerta de raios, especialmente em parques e até em grandes fazendas.
    
"É possível se ter um equipamento no próprio local ou, uma opção mais sofisticada, receber o alerta de instituições meteorológicas."
Em São Paulo, um exemplo seria o Parque Villa-Lobos, na zona Oeste. Nos últimos 10 anos, duas pessoas morreram ao ser atingidas por raios, além de uma segurança que foi atingida no ano passado e sobreviveu.
    
De acordo com a Secretaria do Meio Ambiente, que administra o parque, há para-raios e dispositivos semelhantes instalados em todo o parque.
    
No entanto, "o sistema de alerta anterior à tempestade ainda não foi instalado, já que ainda está na fase de elaboração de um estudo do sistema na área".